8 Dicas para trabalhar em casa

Trabalhar em casa é o sonho de boa parte da população, pois é sinônimo de não pegar transporte público todos os dias, evitando trânsito, horas de locomoção e desconforto. Parece ser realmente ótimo ficar em sua própria casa mas, cuidado, também há uma série de fatores que podem atrapalhar.

Dicas para trabalhar em casa

A verdade é que muitas pessoas não podem trabalhar em casa, pois não é seu estilo. Cada um tem seu jeito. Agora, para quem vê dificuldades em se adaptar, mas acredita que esse seja o melhor caminho, ou seja, mais rentável e confortável, nós separamos 8 dicas que vão ajudar a ter resultado ainda mais positivos.

Todas podem ser facilmente aplicadas no dia a dia, o que mostra que para ter bons resultados em casa, não são necessárias mudanças drásticas, apenas algumas delimitações e uma enorme força de vontade. Confira!

1 – Vista-se decentemente

É comum as pessoas trabalharem em casa de pijama ou com uma roupa qualquer, mas a verdade é que isso é ruim para o psicológico, que acaba ficando preguiçoso e não tão focado no trabalho.

Por isso, vista-se como se fosse, de fato, trabalhar fora de casa!

2 – Tenha um telefone para trabalho

Não use o mesmo telefone de casa para o seu trabalho. Afinal, você nunca saberá se é um familiar que está ligando ou se é um cliente! Por isso, se você tiver um para cada, poderá ter maior controle, por exemplo, não atendendo ao telefone comercial após o horário de trabalho.

 

3 – Não misture sua vida pessoal com a profissional

É muito comum ver as pessoas levando o trabalho e a vida pessoal no mesmo barco, 24 horas por dia. Isso é um equívoco que pode trazer sérias consequências, pois cansa ao longo do tempo. Imagine que você esteja vendo televisão e receba uma mensagem de trabalho.

Mesmo que não queira responder, já haverá lido e pensará no seu “eu” profissional. Então, tenha uma caixa de entrada para cada e-mail, o seu pessoal e o da empresa. Além disso, divida bem quem é você em cada cenário. Não é esquizofrenia, mas delimitação das “fronteiras”!

4 – Avise seus familiares

Por último, a dica é avisar seus familiares que, apesar de estar em casa, você está trabalhando. Assim, te importunarão apenas quando for realmente necessário. Imagina você está focado e alguém chega para te visitar?

 5 – Seja rígido com os horários

Nada de assistir o jogo do seu clube favorito de futebol respondendo aos clientes. O problema de trabalhar em casa é que em muitos momentos você “leva” o trabalho para o momento de lazer em casa, pois o profissional e pessoal se misturam.

Então, quando der o horário limite de trabalho, desligue-se da empresa. Nada é tão urgente que não possa esperar para o dia seguinte!

trabalhar em casa

6 – Acabe com a monotonia

É comum ver as pessoas um pouco deprimidas quando trabalham em suas próprias residências. Afinal, elas não veem outras pessoas, não se locomovem de um ponto a outro, não enxergam novas paisagens, entre outros.

Por isso, para não ficar cansado de sair do quarto e ir para o escritório e vice-versa, tente mudar em alguns dias, trabalhando em alguma lanchonete, se você está com o notebook, ou indo para o quintal de casa ou área recreativa do condomínio.

7 – Preze pela produtividade

Se em uma empresa você tem uma carga horária obrigatória para cumprir, em casa você pode fazer os seus horários. Portanto, não se prenda a trabalhar 8 horas por dia, por exemplo. Tenha em mente que quanto maior for a sua produtividade, mais resultado terá em menos tempo, e maior qualidade de vida ganhará ao longo das semanas e dos meses.

8 – Aproveite para ter seu ambiente ideal

Se em um escritório de uma empresa você é obrigado a trabalhar com o que tem, em casa você pode fazer o ambiente que mais te alegra. Coloque quadros, um rádio bem bacana, uma televisão e faça o que sempre quis.

Cuidado para não atrapalhar na produtividade, mas o resultado costuma ser o oposto: resultados ainda melhores!

Espero que você tenha gostado das dicas, coloque-as em prática, bom trabalho e sucesso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *